sexta-feira, 22 de março de 2013

RENOVE


Outono estação nua
Tuas lágrimas em forma de folha
Teu rosto minguante
Queria teu corpo amante...
 
Não pense na vida, não olhe para trás.
As folhas caem e o vento segue o horizonte
Pisa firme e assuste os grilos em noites frias
Olhe para o futuro e sinta o orvalho na manhã seguinte...
 
A vida é feita de estações
E em cada uma renova-se
Devore seus instintos desenhando corações
Demore mas levante-se...
 
O sol estende seus raios em corpos
Sentimentos espalhados enquanto tudo isso um dia vai acabar
Não esqueça que o destino anda por mares e desertos
Não esqueça que a vida te dá o dia para sempre recomeçar...
 
Outono estação nua
No teu olhar o sol transformado em lua
Em minhas mãos teu corpo, teu rosto, estação tua.
Devore teus dias, saboreia tuas noites...

 
A estação preferida é aquela que te faz sorrir
A vida é vida e é ela que tu tens que vestir
Não olhe para trás siga o horizonte
Há muitos dias embrulhados em presente...
 
Há muitas noites e o amor na esquina
Veja seus olhos no espelho e diga o que sente
Veja seu corpo nu e inteiro e sinta a liberdade sussurrar na alma
Hoje é outono, amanhã é primavera, se vista tentadora e doce...   
 
Vista-se para a vida
Tire proveito das mordidas
Aprenda o caminho das estrelas
Nesse outono... Nu...

 
MAURO ROCHA  21/03/2013

Um comentário:

apenas eu disse...

Amei seu blog...beijos meus...pegue um selo no meu.