terça-feira, 2 de outubro de 2012

(...) DISTRAÇÃO



A folha em branco ansiosa como uma grávida
Espera ser fecundada de palavras
Semeada de ideias
Que pode nascer
Um poema
Um conto
Um romance

Mas se por um acaso houver um aborto
Involuntário
Então a folha em branco
Súbita de um espanto
Continuara em seu pranto... Vazio.


MAURO ROCHA 02/10/12

3 comentários:

Sonia disse...

As vezes acontece, falta inspiração!

Bom dia Mauro!

Eva Lua disse...

É uma pena quando isso acontece, mas as vezes é necessária uma paragem na escrita para que as próximas palavras nasçam mais belas e mais fortes que nunca...beijos!

✿ chica disse...

As tuas folhas creio, sempre são preenchidas e belamente!abração,chica