sábado, 18 de fevereiro de 2012

SUNTUOSO

(...)

A festa delirante da cidade
Pessoas dançando
Pessoas gritando
Nas ruas a multidão...

Carnaval

A pele esquenta
A alma se ausenta
Carnaval

O corpo levita
A alegria excita
A festa completa a noite...

Numa festa profana
Quem te chama?
Quem te ama?
Quem reclama?

A cidade delira
A trilha é de suor
Ritmos e cerveja
Quatro dias do deus Baco...

Desfiles suntuosos
Arrasta multidões
Loucura
Fissura
Paixão...

Carnaval
Carne...
            Vem...
Vai...

No trio elétrico
Nas ruas
No sambódromo
Todos juntos

Na cidade...


MAURO ROCHA 17/02/12









4 comentários:

Noslen ed azuos disse...

um carnaval de poesia atrás de cada máscara.

abraços meu amigo
ns

✿ chica disse...

Linda poesia e adorei o nome do blog. As crianças são danadinhas! abração,chica

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Máscaras ......mistérios...sensualidade....e.....beijos!,
Amo sua poesia meu querido poeta e não importa onde eu vá venho ler, venho sugar alimento para minha alma
Beijos
Martha

Clecilene Carvalho disse...

Crianças... um olhar limpo sobre as coisas. Gostei muito... Bloeta!!!!!!