sexta-feira, 14 de março de 2008

14 DE MARÇO

Seu vestido, pura seda, bordado de ti
Tua luz, lilás, vermelho, simples assim
E todos os dias sinto tua presença
E as noites as estrelas ficam mais suspensas
Enquanto a lua suspira...

E tudo isso é culpa sua
Culpa não, inspiração,
Paixão, palavra, amor...

E tudo isso é você
Desde do “Navio Negreiro”
Até “No Meio do Caminho”
Pois o dia não caminha
Sem a beleza da... POESIA!!!

MAURO ROCHA 14/03/2008


Um comentário:

Clarice Lis disse...

Poeta, feliz dia da poesia para você tb.