quinta-feira, 21 de agosto de 2008

VESTE

Dormiste
com a loucura esbravejante
numa noite alucinante
do sonho que não tiveras

quimeras
conhecer teu semelhante
e todos os desejos cortantes
que a vida dispusera

quem era
o amante da noite
que se misturava com a lua
em teus sonhos errantes

antes
quisera ser apenas
um anjo de braços abertos
para uma queda livre

vives
dos delírios diurnos
dos anéis de Saturno
que tiveste

sentes
o pulsar de uma vida
o beijo da despedida
na solidão que te esquece

vestes
teu corpo em tua alma
a dor que te acalma
na brisa leste

diz
ao mundo que não foi nada
o amor é uma risada
que com o dia anoitece...

MAURO ROCHA

29 comentários:

Bandys disse...

Mauro,
Lindo!

Eu gosto muito da maneira como escreves.

diz
ao mundo que não foi nada
o amor é uma risada
que com o dia anoitece...
Beijos

f@ disse...

Na claridade do dia a lua des cobre os sorrisos das estrelas e anoitece brilhante... a lua...
beijinhos das nuvens

Dry Neres disse...

Vestir o corpo na alma.. É.. você realmente é malabarista de letrinhas...
Fantástico, poeta!
=)

Arroba disse...

Vim dizer-lhe, a si e ao mundo, que não foi nada!
Quimeras, meras...interpretações da realidade que nem sei, afinal se existe....
Poema magnifico, este seu :)
Obrigada.

Clarice Lis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Clarice Lis disse...

Gostei tanto, as palavras parecem que vibram, tamanha a intensidade de sentimentos. E viva a poesia!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Lindo poema, meu preferido (não conte para ninguém, viu?)poeta!
Hj postei sobre um filme acerca de James Dean e publiquei trabalhos de vários amigos da Blogosfera. No próximo publicarei um seu, com a sua permissão, é claro.
Estou à sua espera.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

...O amor é uma risada...
Adorei este poema.Passei para desejar um bom final de semana.

Lampejos disse...

Poeta Mauro,

Um detalhe, uma canção...,uma flor, uma bela melodia neste poema.


Precioso!


Bom fim-de-semana!


(a)braços,flores,girassóis:)

paula barros disse...

Ia citar um trecho que gostei, mas relendo tornou-se impossível.
Em vários momentos tive que refletir, pensar...
Um belo poema.

Andréia Lino disse...

Passando para ver as novidades. ler um pouco... espero q esteja bem com a familia e muito apaixonado como sempre... brigada pelas visitas!

;)

té +

Canto da Boca disse...

Vestes
teu corpo e alma
da poesia
que te acalma!


Bom domingo, Poeta.
;)

Poeta Mauro Rocha disse...

Agradeço a todos os comentários aqui assinalados.Gostaria de dizer que fico muito feliz por todos que comentam ou já comentaram ou até os que tiveram a intenção de comentar meus poemas, e de dizer que o poema "Veste" é o último aqui apresentado, pois como no poema, estou precisando vestir minha alma, admiro a todos que estão nos meus favoritos, pois são pessoas que fazem um trabalho bacana, bonito e gostam de coisas boas, pessoas especiais pelo simples existir.Quero pedir desculpas se em algum momento fui rude ou desrespeitoso.Quero que todos saibam que aprendo e aprendi muito com o que todos fazem e tenho ainda muito a aprender.Saio de cena hoje, para quem sabe voltar amanhã.Muito obrigado, obrigado de coração!!

Poeta Mauro Rocha

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Poeta:
Por que vai nos abandonar? Vou sentir a sua falta, principalmente porque vc sempre acreditou em mim e não deu ouvidos aa fofocas maldosas. E o seu lindo Blog, os seus lindos poemas, o que vai fazer com eles?
Não, não quero que saia definitivamente!
Pode até tirar uma férias (pequenas), mas tem que voltar e isso é uma ordem!
Um abraço,
Renata Cordeiro

f@ disse...

Olá Mauro…Pena que vás "embora"… espero envolvas a alma e a enfeites com tecidos leves e coloridos… e o faças breve porque gosto de te ler.. mas não tens de pedir desculpas nem agradecer… porque se te visitamos é porque gostamos... VOLTA DEPRESSA
Este poema mto bonito … deixa a alma voar
Beijinhos das nuvens

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Oi amigo
Saudade de você. A gripe me pegou de jeito... velho é coisa triste, qualquer coisinha derruba, principalmente febre.
Mas estou voltando...
beijos (de longe, sei lá se o vírus ainda está aqui)

paula barros disse...

Mauro
Entendo você. Embora sinta quando algo assim acontece. Espero que vista a sua alma assim como é o seu desejo. Ou revire, ou desamasse (a minha lavei na máquina de lavar ficou amassada uns dias), ou até a dispa...não sei, cada alma é uma alma única, embora bem parecida com outras almas..
Enfim, desejo o melhor para o seu momento. Paz, tranquilidade, serenidade, lucidez, inspiração...guarde bem o que escrever, vai ser muito bom ler quando você retornar.
abraços e até a volta.

Crisfonseca disse...

Olá poeta Mauro Rocha,
Esta tua poesia ,é simplesmente bela. Fala-se propfundamente, grita-se, clama-se, vesti-se a alma. Fabuloso.
Poeta não há o que pedir descupas, és uma pessoa gentil e amável.
Sentirei falta de tuas belas e poéticas escritas.
Mas temos nossos momentos,somente nós mesmos saberemos o que é melhor á nós.
Desejo que tudo, seja lá o que for, se resolva e fique tudo bem.
Beijos e até um dia
Cris

Bandys disse...

Mauro,
Um uma pena..
Respeito seu momento.
Aguardo sua volta
beijos

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

O amor sempre é uma risada ,não Poeta?
Se não for isso, não é amor; É dor!
As vozes que o tempo sussurrra
ternuras adormecidas, que se abrem
como frutas maduras
espargirdo em minha alma,
a lembrança de beijos perdidos.

Lampejos disse...

Poeta Mauro,

Uma pena!
Vai fazer muita falta... mas eu entendo.
Volte logo, assim...que puder.

Fique bem....e cuide-se.

(a)braços,flores,girassóis:)

Lyra disse...

E sais de cena muitissimo bem...vestido!

Que voltes com vestes dignas do grande poeta que és!!!

Beijinhos e até breve.

;O)

Clarice Lis disse...

Poeta, fiquei sem palavras, entendo as necessidades das almas e elas devem ser sempre respeitadas. Fique com Deus e volte assim que der.

Aninha disse...

RJ 17h08
Bela tarde morna


Mauro
Fechaste com chave de ouro!Lindíssimo!
Mas,me deixaste muito triste!!Deixe pelo menos uma janela aberta..quem sabe vc volta??

Sucesso Sempre

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Por onde anda meu Poeta preferido, que disse que partia, voltaria, talvez... mas desapareceu!
Sinto sua ausência.
Seus versos fazem falta nos meus dias,
Volta poeta, volta
beijo saudoso

caicko disse...

E a alma nua, cheia de beleza interior, merece uma veste assim, perfeita: poesia pura, maestria de poeta!! Parabéns.

Ótima semana.

ALBERGUE MENTAL
http://caioalbergue.blogspot.com

Carla disse...

não acredito em finais...porque há sempre um renascer principalmente para quem escreve com tanta alma e sentimento
adorei, como sempre, a tua poesia
beijos

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

O beijo da despedida, é a pior das dores.
Mas vale a pena, sempre valerá!

david santos disse...

Fantástico!!!
Parabéns.