sexta-feira, 24 de abril de 2009

...CÓSMICA...

Voei baixo...
Até chegar ao chão
Rastejei, andei, outro pulo, então!
Para te mostrar
Para te avisar
Para poder voar
Alto, bem alto
Sem rede de proteção...

Mergulho no abismo da paixão
Para emergir na imensidão
Desse sentimento templário
Desse sentimento cármico
Desses signos mágicos, então!

Posso te mostrar meu amor
Posso te dizer quem sou
Posso refletir a lua antes do sol se pôr
E assim alto voar
Até chegar ao chão
E diante de teus olhos
Ver em ti, bater meu coração...

MAURO ROCHA 24/04/2009

11 comentários:

paula barros disse...

Muito, muito bonito. Sempre gosto de ler sobre amor, sobre sentimentos fortes...

Luciana Negreiros disse...

Bela postagem Mauro, eu não gosto do cinema europeu e também do cinema nacional nada contra quem goste, mas não faz o meu gênero.
Quanto ao filme Cidade dos Anjos ele é excelente em tudo.

Abraços pra ti e pra tua esposa que tem muito bom gosto

Bandys disse...

Mauro,
As palavras dançam de seus dedos com uma sensibilidade incrivel.
Lindo!
beijos

Clarice disse...

Poeta, doce carma! Sentimento bom esse, no fim all we need is love. Ainda bem!

Sidney Ramos disse...

Gosto muito do que vejo por aqui.
espero contar um dia com sua visita no meu blog que inicia com
minha humilde pintura e poesia.

Lampejos disse...

Poeta Mauro,

Majestoso astro amor...
de...vôo implacável.


Sublime Poema!...

Bom fim-de-semana.


(a)braços,flores,girassóis:)

nilda disse...

Mauro, vim atras do prazer do tertulia que nem achei, mas... achei tanta coisa linda que me preencheram de prazer.
Beijoca.
Nilda.

http://meucantin5.blogspot.com/

Canto da Boca disse...

Que entrega, que força nesse sentimento, Poeta!

Um abraço.
;)

Menino Poeta disse...

ah!! por um minuto sonho, ao ler poemas assim!!! porque? Ele não descreve apenas, ele é um pouco daquilo que é o amor caro poeta...

Ravnos disse...

Como sempre, palavras que me fazem parar para pensar. Gosto disto em teus textos, meu caro Mauro Rocha.
Um abraço.

Afobório. disse...

muito bacana.

gostei.


sorte e luz.