segunda-feira, 14 de julho de 2008

COMBUSTÍVEL

O fogo...luz e calor.
Aquilo que queima
O que permite a queima
O calor.
Triângulo do Fogo
Meu corpo
Teu corpo
O calor...


MAURO ROCHA 14/07/2008

11 comentários:

Zek disse...

O corpo nada melhor para aquecer um corpo do que outro corpo....

Clarice Lis disse...

Poeta, disse tão bem ... aquilo que queima só existe porque existe o que permite a queima. Complementos. Bonito isso!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Ô, meu poeta, nem consigo lembrar do que gosto, gosto de tantas coisas ou de nenhuma. Hj acordei muito mal, não consegui comer, estou de cama. Efeito do passeio no Shopping ontem. Pretendia fazer um post hj. Vou dormir, se acodar disposta, participo da brincadeira e faço o post! Não vai ser o máximo para quem está pesando 38 quilos?
Renata
PS: Vc não sabe o trabalho que dão os meus posts!

Crisfonseca disse...

Olá Mauro Rocha
Lindas e apaixonadas palavras, como sempre belíssimas.
Agradeço o convite da brincadeira, que por sinal muito interessante, mas não estou tento muito tempo por estes dias e do mais sou a pessoa mais voada do mundo, pode ter certeza que me perderia no meio do caminho. Mas valeu, adorei a idéia.
Abraços,
Crisfonseca

Antunes Ferreira disse...

LISBOA - PORTUGAL

Olá!

Cheguei a este blogue através de outros que costumo visitar e neles postar comentários. Cheguei, vi e… gostei. Está bem feito, está comunicativo, está agradável, está bonito – e está bem escrito. Esta é uma deformação profissional de um jornalista e dizem que escritor a caminho dos 67…, mas que continua bem-disposto, alegre, piadista, gozão, e – vivo.

Só uma anotaçãozinha: Durante 16 anos trabalhei no Diário de Notícias, o mais importante de Portugal, onde cheguei a Chefe da Redacção – sem motivo justificativo… E acabo de publicar – vejam lá para o que meu a idade… - o me(a)u primeiro livro de ficção «Morte na Picada», contos da guerra colonial em Angola (1966/68) em que bem contra vontade, infelizmente participei como oficial miliciano (obrigatório, porque vindo da Universidade).

Muito prazer me darás se quiseres visitar o meu blogue e nele deixar comentários. E enviar-me colaboração. Basta um imeile / imilio (criações minhas e preciosas…) e já está. E se o quiseres divulgar a Amiga(o)s, ainda melhor. Tanto o blogue, como o imeile, tá? Muito obrigado

www.travessadoferreira.blogspot.com
ferreihenrique@gmail.com

Abração

PS – Estou a trabalhar para fazer do meu blogue um ponto de encontro entre Brasil (que conheço bastante bem) e Portugal e, obviamente, entre as suas gentes. Malta: colaborem! Outro obrigado, minha gente.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Fiz o que me pediu, deu um trabalho!
Estou melhor, engordei um quilo, agora são 38! Postei sobre um filme, mas qual vc tem de vir aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Poeta,
tenho cerca de 9.000 poemas, muitos escritos a mão. Como pô-los num blog? E muito deles têm um tom demasiado intimista,a cho que não me faria entender. Vou deixá-los onde estão. Nesta altura da minha vida, não me fazem falta. Mas vc pode entrar no meu blog e ver os que estão expostos lá. São diferentes, são livres, sem métrica e tragicômicos.

Cristina disse...

Muito boa noite.
Antes de mais quero aqradecer a mais uma das suas visitas ao meu blog deixando sempre uma palavra amiga.
Esse seu poema do combustível está pequenino mas muito giro mais uma vez os meus parabéns.
Um beijo eorme aqui da Cristina Ok
Qarteira-Algarve- Potugal
15 de Julho de 2008 ás 00:30m

Fragmentos de Elliana Alves disse...

Olá Mauro que lindo teu blog
nem dá vontade de sair,bjssssssss...

paula barros disse...

Dois corpos quando se amam incendeia.

Canto da Boca disse...

Corpos e paixão, pura combustão.

;)