quarta-feira, 2 de julho de 2008

TARDE TATUADA

O inverno chega rodeado de ipês roxos
Clima seco, manhãs geladas, café pronto,
Sol de enfeite nas praças vazias
Recito poemas para teu dia
No ônibus vejo a cidade acordar
Na minha viagem anjos a brincar
Tatuada a tarde finda no horizonte
Longe, muito longe está meu pensamento...
De ti só quero um momento
Para que a eternidade fique completa
O inverno me dá o frio
O verão me dá o calor
A primavera me dá flores
O outono ainda não voltou
O clima seco, as manhãs geladas, o café pronto,
O sorriso perfeito, as tardes cinematográficas, o encontro...
Recito poemas...
....para minha amada....


MAURO ROCHA 02/07/2008


4 comentários:

Bandys disse...

Mauro,

Feliz dessa amada...
Lindo poema.
Beijos

paula barros disse...

Essa tarde tatuada merecia umas fotos. Deitada no colo do amado, ouvindo o recitar dos poemas.
Lindo!
abraços

f@ disse...

Bonito demais...
E, se recitas poemas assim para a tua amada... o encontro será perfeito...
bj das nuvens

Canto da Boca disse...

A vida é uma sessão de cinema. Ainda bem que podemos caprichar no enredo, no roteiro, na trilha sonora...
;)