sexta-feira, 18 de abril de 2008

48 BSB 48

Do tamanho do céu
Dos traços no chão
Fez-se a cidade
Corpo, asas, avião
Quarenta e oito anos na verdade
Tão pouco tempo e maltratada
Mas sem perder o charme
Com sua beleza ímpar
Traços delicados
Enfeitada de estrelas
Pulsa no coração...central
...Capital
...Candanga
...Que encanta...
...milhões...



MAURO ROCHA 21/04/2008

3 comentários:

Crisfonseca disse...

Mauro, este seu espaço e estas suas poesias me encantam. Por isso a vida é bela....
Beijos
Cris

Lyra disse...

Hoje não me apetece comentar..., apetece-me apenas deliciar-me e guardar só para mim todas as emoções que saltam da tua escrita.

Beijinhos e até breve.

Egoísticamente (risos), Lyra

;O)

Poeta Mauro Rocha disse...

Cris, Obrigado!!
Bjs
...................................
Lyra,
apeteça-se sempre!!
...................................