sexta-feira, 4 de abril de 2008

CAMINHOS E ESTRELAS

Dedicado a minha Mulher e esclusivamente a ela, como todos os poemas que faço, pois quando faço penso nela, por mais que ela ache que não, apenas quero demostrar o quanto a AMO, e digo aos quatro ventos e agora com esse espaço a TODO O MUNDO, Mulher EU TE AMO!!


O amor e suas artes e manhas
Seus disfarces e jogos
E todos os dias têm que alimentá-lo
E todos os dias têm que dizer bom dia!!
E como num jardim de pedras
Tem que perceber sua leveza,
Sua graça, sua delicadeza...


O amor e a pessoa amada
Posso dar a lua
Ou apenas jogá-la na estrada
Posso dar as estrelas
Ou apenas cobrir a madrugada
Posso dar amor
Mas sem esperar retornos afáveis...

O amor se baseia em coisas simples
Dar e receber faz parte do contexto
Amar é verdadeiro
O ser humano ama
Escondido, exagerado, explicito,
Ama
E a poesia clama, chama, reclama,
Canta, chora, emociona,
Ama...

A pessoa amada
Tem que ser cortejada
Tem que ser regada
Tem que ser amada
Como eu te amo...

MAURO ROCHA 04/04/2007




3 comentários:

Antagonia disse...

Adorei.. Quem dera todos os maridos pensassem assim, ou pelo menos, escervesse assim. Bjs.

Jana disse...

com o olhos brilhando e o coração saltitando...
eu amo você!

Poeta Mauro Rocha disse...

Antagonia, obrigado, espero que ache um marido assim, ou que escreva assim.


Jana, TE AMO!!!