quarta-feira, 1 de outubro de 2008

BREVE

Logo...
A folha branca cria imagens
Sonhos ou lembranças
Desejos ou esperanças
Numa primavera
Que deixa um outono de folhas caídas
Num verão
Que derrete o inverno de emoção
Num simples sorriso
Que estende a mão
Logo...
O dia passa despercebido
A noite chega seduzindo
E o ano acaba
Entre rabiscos e tatuagens
Registros e espelhos
Desejo o teu desejo
E mais um ano
De altos e baixos
O lucro
Logo...
A folha branca
Completa a saudade...


MAURO ROCHA 01/10/2008

20 comentários:

Bandys disse...

Nossa Mauro..
Um dos mais lindos que ja li aqui.

Entre rabiscos e tatuagens
Registros e espelhos
Desejo o teu desejo
E mais um ano
De altos e baixos
O lucro
Logo...
A folha branca
Completa a saudade...

Lindo, lindo!!
beijos

nina disse...

nao sei esperar, vivo de ansiedade
(e saudade)

Lampejos disse...

Poeta Mauro,

Mergulhado nas folhas brancas de rabisco da saudades.

Precioso poema!...


(a)braços,flores,girassóis :)

ALZIRA disse...

"Numa primavera
Que deixa um outono de folhas caídas
Num verão
Que derrete o inverno de emoção"
gostei, muito bonito

Dry Neres disse...

Em breve.. o ano acaba!
Você é incrível no que faz..
Te admiro muito, de verdade!

:)

Carla disse...

brancas letras, nesta negra página
logo...
geram encantamento
beijos

Clarice Lis disse...

Poeta, bonito. Gosto particularmente da noite que chega seduzindo. Cada vez melhor esse espaço.

paula barros disse...

Quando se deseja se cria e recria, enfrenta-se os altos e baixos.

gostei!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Cada vez que venho aqui fico mais espantada com a sua facilidade em transformar tudo em poesia.
Devido a problemas de foro íntimo, não sei quando poderei postar, por isso postei hoje. Apareça.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

Defensor disse...

Salve
Uma bela poesia.
Desculpe a ausência. gostaria de ter voltado mais animado, mas não foi o caso.
Abraços

Zek disse...

Logo.... e mais um ano se vai, e me pergunto, oque faço dos meus dias??? quanto vale minha vida e minha lida......

Bandys disse...

Mauro,
Vim ler-te de novo..

E o ano acaba
Entre rabiscos e tatuagens
Registros e espelhos
Desejo o teu desejo

Admiro muito suas poesias.
bom fds

tossan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
tossan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
tossan disse...

Rabiscos sublimes...Poesia...Muito bom aqui! Abraço

KÁTIA CORRÊA DE CARLI disse...

Você não pára de me surpreender, meu Poeta Preferido! A cada dia vc consegue se superar... este
"E o ano acaba
Entre rabiscos e tatuagens
Registros e espelhos
Desejo o teu desejo"
é simplesmente divino!
Estou de casa nova, apareça quando quiser, garanto prosa e poesia, só não tem café... rs
beijo e luz

Elios Lelo disse...

Muito legal!!

Não conhecia o blog, acabei d adicioná-lo aos meus favoritos...

Abç

Tânia Cristina disse...

E tudo o que eu disser será repetição.
Uma delícia ficar aqui lendo...

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Rabisco nas paredes do meu quarto. Louca!
desculpe a ausência voltarei logo, um grade beijo

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Meu poeta preferido:
É com tristeza e pesar que venho despedir-me, pois estou deixando a Blogosfera, pelo menos por ora. Estou com muitos problemas e não os consigo administrar. Mas o Blog continua sendo meu e mantive o meu perfil, caso um dia possa voltar. Fiz uma postagem de despedida. Se quiser despedir-se de mim, apareça.
Foi uma honra conhecer um poeta tão bom.
Um abraço,
Renata Cordeiro