terça-feira, 7 de outubro de 2008

...DA IMAGINAÇÃO...

Vi uma pergunta interessante no blog da CLARICE NA JANELA , ai fui no embalo e fiz esse poema.




Asas para que te quero??
Aonde me levas??
Por léguas e léguas
Minha imaginação
Asas do desejo
Do sim e do não
E pelos córregos e rios
Encontro o mar
E pelas montanhas e continentes
Um lugar para pousar
E minhas asas atravessam o horizonte
E essas asas...Tenho aos montes
Asas de paixão
Asas que guardam segredos
Asas sem medos
Asas da imaginação
Asas do amor
Que guardo no coração...
Ai vem à pergunta:
-Com que asas eu vou??


MAURO ROCHA 07/10/2008

13 comentários:

Canto da Boca disse...

Pode ser com essas que te levam ao infinito? Porque qualquer que seja o lugar, ou o poema escrito, tudo fica mais bonito, quando o que foi e o que não foi dito, esparge de lá do céu azul, e resplandece nas asas da tua poesia.
Desculpe pelo silêncio prolongado, Poeta, ainda sem tempo para vir com regularidade.
Abraços.
;)

Dry Neres disse...

As asas são o que nos restam quando muita coisa boa se foi..
Belíssimo texto! Sinceramente, repouso e me inquieto aqui diariamente! Um beijo :)

Bandys disse...

Lindo Mauro!

Vai com as asas do poeta! rsrs

beijos ☺

nina disse...

Vôo livre esse.
Imaginação é o fundamento da alma. É a existência do ser.
Que seria da vida sem ela?

paula barros disse...

Mauro não sei se você teve conhecimento desse concurso.

3º CONCURSO LITERÁRIO GUEMANISSE DE MINICONTOS E HAICAIS / 2008

www.guemanisse.org

editora@guemanisse.com.br

guemanisse@globo.com

paula barros disse...

Nossa, gostei, gostei.
Com que asas eu vou? Eu vivo a voar.

Esses momentos que escrevemos assim sai verdadeiras maravilhas.

Asas da criatividade
Asas da inspiração
Asas sublimes do escrever

Zek disse...

Ahhh eu jamais poderia ter asas.... sabe Deus onde eu iria parar!!!

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Querido poeta, hoje pela manhã recebi declarações e um pedido de casamento do meu namorado Marcelo Martins, que me deixou feliz demais.Se você puder dar uma passadinha lá, vou amar. E aí te pergunto; Com que asas eu vou?
beijos

Claudia Perotti disse...

hj vou de asas do amor! rs
Beijinhosssssssss

Késia Maximiano disse...

Vai com as asas da alma!
Bjs

Lampejos disse...

Poeta Mauro,

Com as asas que te levem a uma passagem certa
....para que tu chegues a resolução.

Asas da liberdade!?




(a)braços,flores.girassóis ;)

Cristiana Fonseca disse...

Belíssimo.
Asas da imaginação e da liberdade, resta-me admirar.
Abraços,
Cris

Clarice Lis disse...

Poeta, que lindo! Adorei o poema, me deu asas! Posso coloca-lo lá na minha janela? Desculpe não vir antes, estive ausente. abraços!