segunda-feira, 20 de outubro de 2008

PAISAGISMO

Teus pêlos pubianos
Comparo-os a um jardim
Aparados
Da vontade de deitar
Da vontade de dormir...

Grandes
Da vontade de explorar
Da vontade de se esconder

Desenhados
Da vontade de pintar
Da vontade de fotografar

Raspados
Da vontade de morder
Da vontade de beijar

Teus pêlos pubianos
Comparo-os a um jardim
Arquitetura perfeita
Dessa bela estrutura
Que é teu corpo
Desenhado em curvas...



28/08/02 MAURO ROCHA

10 comentários:

Dry Neres disse...

Hot!!
Adorei!!
você sabe, cara!! :)
bjoooooooo

nina disse...

humm, muito erotico, a poesia tem muito disso.

Bandys disse...

Uauuuu Arrasou!!

Lindíssimo, acho que um dos mais belos que já li aqui.
Você escreve om sensualidade, de maneira gostosa .
Parabens Mauro...

beijos no ♥

o casalqseama* disse...

bela maneira de ver beleza em algo que só se nota quando se tem muito!

rsrs

bjs da fê =D

paula barros disse...

Você escreve de tudo. Fico impressionanda.

Você o paisagista, o jardineiro de um jardim tão belo.

Zek disse...

Perfeito ... puro e fiel retrato...
da vontade de beijar, da vontade de morder, melhor ainda se nao ficar na vontade rsrsrsr afinal é disso que vale nosso viver!!

Clarice Lis disse...

Olhos de poeta conseguem ver poesia em toda parte, bom ver o mundo assim e, melhor ainda, contar para gente o que você vê.
beijos da janela

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Adorei o seu poema, poeta, principalmente pelo tema, incomum em poesia. Fiz um post heterodoxo também. Conto com você.
Beijos,
Renata

f@ disse...

Desenhar, pintar. fotografar o beijo,projectar o jardim a semear...

Beijinhos das nuvens

ALZIRA disse...

poeta com olhos de pintor