quarta-feira, 22 de outubro de 2008

QUINTO ATO

PRIMEIRO ATO

- Quero você!
- Por quanto tempo?
- Até morrer.

SEGUNDO ATO

- Quero morrer!
- Qual o motivo?
- Acabei de te perder.

TERCEIRO ATO

- Vamos começar.Apenas começar!!!
- Começar o quê?
- A viver, a amar.

QUARTO ATO

- E o mundo!E o tempo!
- Esquece tudo, segura a minha mão...
- Esquecer tudo!? É dizer perdão!?!?!?

QUINTO ATO

- É dizer amor, é dizer paixão!
- Então! É dizer coisas bonitas, e falar com o coração!?!?!
- É eu te dizer: Te amo.E o tempo acordar, o mundo aplaudir.
- Ser feliz então...


MAURO ROCHA – 14/05/03

4 comentários:

Dry Neres disse...

Nossa, que especial isso que você escreveu.. muito belo, muito consciente, sobretudo, palpável!!
Você, sempre maravilhoso!
Um artista, um grande homem..
:)

Bandys disse...

Mauro,

SENSACIONAL!!!
Voce cada dia se superando, eita poeta!!!
Maravilhoso

Um beijos ☺

Lampejos disse...

Poeta Mauro,

Sexto ato.

Desfrutar de seu belo concatenar de palavras.

...........




(a)braços,flores,girassóis :)

Clarice Lis disse...

Poeta, em atos, bom demais. Esquecer tudo!? É dizer perdão??!! Ser feliz então ... Ainda bem que tem final feliz. bjs da janela