sexta-feira, 24 de outubro de 2008

VIAGEM INSÓLITA

Será hoje a manhã perdida?
Será hoje a minha despedida?
Quantas vezes deixei-me levar?
Quantas vezes deixei pra lá?

Será hoje e não amanhã?
Será o beijo com gosto de hortelã?
Hoje acordei com a mesma sensação
De que tudo acabou

Mas eu me via no espelho
Estilhaçado no chão
Os pedaços eram verdadeiros
Reflexos sem coração...

-Bom dia!! O café está na mesa
-Bom dia!! Tive um sonho
-Sobre o que?
-Eu estava morto!!
-Morto!? Ou em outro mundo?
-É?... Isso mesmo!!!
-Calma que daqui a pouco você vai nascer...

...Será hoje?


MAURO ROCHA 24/10/2008

9 comentários:

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Ninguém se sonha morto, já foi provado. Então, acho que é (re)nascimento mesmo.
Bom dia, poeta!
Um abraço,
Renata Cordeiro

Clarice Lis disse...

Poeta, fiquei uns dias sem aparecer e, agora que cheguei, fiquei sem palavras, bastam as suas, tão boas. Acho que morremos todo dia e todo dia renascemos. Somos diarimente como a fênix... das cinzas para as cinzas e no intevalo, o vôo.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Morremos um pouquinho a cada dia que nasce! bela poesia!
Passei para desejar um ótimo final de semana.
beijos

paula barros disse...

Gostei dessa idéia. Sonhar com a morte, pode sim significar nascimento, renascimento....

As vezes precisamos morrer ou matar (simbolicamente, claro), para o novo surgir.

obs. sujeito a modificações, pensei agora.

abraços

paula barros disse...

(eita, deixei abraços, desculpa!!!!)

f@ disse...

O que o sonho acorda em nós sempre um projecto de vida…

E beijinhos das nuvens

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Comentei seu poema hoje bem cedinho, meu Poeta, porque agora fiz uma lista de favoritos e vi que vc tinha postado. Eu acabei de fazer uma postagem. Acho que você vai gostar.
Um abraço,
Renata

Aninha disse...

RJ 20h04
Noite quente,mas agradável


Tudo é hoje!Não há ontem nem amahã!
Assim a morte não existe e estamos sempre renascendo.Lindo!

Sucesso

Convido-o a visitar http//www.seteanarquistas.blogspot.com.
Acabo de escrever um post lá!
Obrigada pela amizade!

Bandys disse...

Mauro,
lindo como sempre...

Nossa queria te agradecer por vc ter gostado do cafe com bolo, rsrs so que não é de minha autoria.
Procurei saber com quem me mandou quem seria o autor e tambem naõ obtive resposta.

Portanto peço o favor de vc colocar no outro blog que a autoria é desconhecida.

Grande beijo