sábado, 24 de julho de 2010

CAMINHOS CORTADOS

Nunca te falei dos amores que tive
Nunca te falei das dores que criei
Nunca cantei sussurros ao teu ouvido
Nem declamei poemas baratos...

Nunca disse meu sonho
Nem tomei chuva no outono
Nunca peguei na tua mão
E acariciei teu rosto de maneira diferente
Nunca vi o sol se pôr
Nem o orvalho da manhã...

Nunca te falei que a vida era boa
Ou que a noite sempre seria iluminada
A única coisa dita foi:
EU TE AMO

Em luz néon
Sob as estrelas...

MAURO ROCHA 30/06/2003

12 comentários:

Marilu disse...

Querido amigo, quando se diz " eu te amo", todo o resto pode ser dito depois...lindo...Beijocas

Neuman Guimarães disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Neuman Guimarães disse...

Linda poesia! Agora que entrei para o mundo dos blogs fica mais fácil acompanhar os amigos. heheheh
Grande abraço!
Neuman

Majoli disse...

Mas só em dizer Eu te amo...em luz neon sob as estrelas...o resto se completa por si só, já não se faz necessário mais palavras.
Gostei por demais meu amigo Mauro.
Beijos meu querido.

ღPat.ღ disse...

Recordar é reviver sem dúvida!
Sentimentos especiais como este devem ser preservados.

Um beijo meu amigo.

HSLO disse...

É um prazer grandioso ter sua presença em meu blog...

Obrigado poeta.


abraços

Hugo

Bandys disse...

às vezes não precisamos de muito, basta um carinho.


Um domingo cheio de paz.

Beijos meus

Hod disse...

O que é dito com brilho compensa!

Paz e alegria neste domingo,

Forte abraço.

menina fê disse...

disse tudo só no "eu te amo"!

;D

grande bj, menina fê*

Paula Barros disse...

Se fico conversando com seu poema digo e penso muitas coisas, sobre o amor, sobre o dizer te amo...mas resta a mim imaginar o céu em luz neon.

abraço

Marilu disse...

Parabéns pelo dia do escritor querido amigo. Tenha uma linda semana..Beijocas

Leca disse...

Mauro...
Parabéns pelo blog...
adorei...poeta...
Parece que o Amor...
também caminha por...
Caminhos...Cortados...
sem palavras...
sem clichês...

Beijos
Leca