quarta-feira, 25 de junho de 2008

PAPEL BRANCO NA MÃO

Fogueira de Santo Antônio
Fogueira de São João
Fogueira de São José
Com a esperança na mão
As mulheres querem o homem no pé
Mas tem que ter atenção na oração
Para não vir um Zé Mané
O homem tem que ter coração, amor e paixão pela mulher
Que por sua vez quer um casamento, se não perfeito, cheio de emoção
A simpatia pode ser:
Na fogueira
Na bacia
Para arrumar namorado
Para não perder o amado
Faça o pedido para o Santo Casamenteiro
Para São João primeiro
Para São José
Mas não esqueça de ter fé
Para não se queimar
Tanto o homem quanto a mulher
O respeito é fundamental
Na relação que vier...


MAURO ROCHA 25/06/2008


11 comentários:

paula barros disse...

"O homem tem que ter coração, amor e paixão pela mulher"
E ainda acrecentou respeito. Dizer mais o quê?
abraços

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Já pus o poema abixo deste no meu blog, na primeira postagem junto com a minha foto voltarei, e acrescentei o seu link.
Obrigada por me dá-lo.
Um beijo, querido,
Renata

Zek disse...

Olha que a fogueira ja queimou o meu amor......

Bandys disse...

Mauro,
As mulheres querem o homem no pé
Mas tem que ter atenção na oração
Para não vir um Zé Mané
.

Adorei.
Mes de junho, festas, Santos e aida vem o São Pedro que controla o tempo...

Parabéns!☺
Beijos
♫♫♀♪♪

Entre o Fascínio e o Pensamento disse...

Poeta Mauro!!!

Adorei teu papel que não é branco... Tem todo um colorido, uma ornamentação fenomenal...

Maravilhoso!
Parabéns!

:: Daniel :: disse...

Só não vale pular a fogueira, né?

Abração!

Claudia Perotti disse...

Eita festança!
Beijinhossssssssssss

Canto da Boca disse...

A cara da época, tá bonito, festivo, leve!
Tem a ritmidade de uma embolada, dum cordel...
Peço desculpas pela ausência.
Abraço grande!
;)

ravnos_blacklotus disse...

Quanta criatividade...
Consegue escrever sobre qualquer tema. Isso que é ser poeta.

Um abraço

paula barros disse...

Mauro
Fui conhecer o blog da Renata, através de outro blog, e encontrei seu poema "O quadro do quadro na parede", fiquei tão contente, feliz mesmo de ver seu poema, e de perceber a sensibilidade e grandeza de espírito dela.

Ia levar ele também, para colocar no meu Blog Diário Virtual.
Levei apenas meu comentário e coloquei o link do seu blog. Mas nem lhe disse.
abraço e um boa noite.

Miguel Barroso disse...

Viva o São João!
Abraços do EU, SER IMPERFEITO e d´A SEIVA