quinta-feira, 5 de junho de 2008

SEM VOCÊ

O que posso dizer em poucas palavras?
As folhas de outono já não dizem nada
Dos caminhos que tracei, alguns joguei pedras
As fores e os espinhos fazem parte da mesma guerra.


O que posso dizer desse país?
Sobra miséria e falta cultura
Sobra violência e falta giz
Somos internautas de uma esperança utópica...


O que posso dizer em poucas palavras?
Dê-me tua mão e os gestos de tua risada
Dos caminhos que tracei, alguns eram claros entre veredas
As flores e espinhos fazem parte da nossa vida.


30/07/2000 MAURO ROCHA

3 comentários:

Lampejos disse...

Mauro,

E assim segue a vida, caminhando entre flores e espinhos...


[Obrigada pela visita!]

Volte quando quiser ou quando puder...

Eu te deixo:
(a)braços,flores,girassóis :)

Lampejos disse...

Mauro,

Receba a minha admiração e carinho!...


.....

R Lima disse...

Em poucas palavras se diz e se mata. Se eleva e se condena.

Em poucas palavras alguns podem nem te compreender...

Em poucas palavras o atento ouvido traduz todos os seus sentidos.

Abçs meu caro e vida longas as suas sábias odes.




Texto de hoje: aSSustA-mE...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...