terça-feira, 17 de junho de 2008

POEMAS E POESIAS

Risca a folha
Transforma o nada em carvão
Transforma o carvão em diamante
Transforma o dia
Em sim ou não
Transforme a vida
Nas reticências da paixão
Nas linhas tortas do coração
Na certeza do amor...

Risca a folha
Que o poema espera
A poesia acontecer...


MAURO ROCHA 17/06/2008

7 comentários:

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

...A poesia acontecer..., e ela sempre acontece meu amigo, de uma forma ou de outra.Um abraço.Fiz uma pequena postagem, apareça por lá.

Ravnos_Blacklotus disse...

O senhor pelo visto risca bem a folha pois sempre vejo a poesia acontecendo por aqui. E de forma sublime.

Abraço

Zek disse...

A poesia acontece pelo simples fato de a cor dar .....
Abs

Lyra disse...

E assim acontece a poesia...cheia de paixão!

Beijinhos e até breve.

;O)

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Que o poema espera a poesia aparecer, lindo! Fiquei feliz com a sua visita e preocupação comigo que até fiz uma postagem chamada "Curtas sobre filmes imperdíveis" que está embaixo da Trilogia. Dê o ar de sua graça por lá.
wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto depois de www
Um beijo carinhoso,
Renata

Entre o Fascínio e o Pensamento disse...

Puts!!! "Esperar a poesia acontecer". Maravilhoso!

Adooooooorei teus textos cara. Sou instigada e movida pelo o belo, pelo escrever...

Silenciada!!

Super BeijO.

Dry Neres.

paula barros disse...

E a poesia aconteceu. Transformou sentimentos em letras. Letras em palavras. Palavras em emoção.
E a poesia se fez vibrante.
bjs