quarta-feira, 14 de maio de 2008

GUARDADO NO CORAÇÃO

Te amo porque te amo
Não vou falar teu nome em vão
Falo com o coração.


Te amo porque o tempo para
Não vou falar de paixão
Deixe-me ver teu sorriso e pegar em tua mão.


Te amo porque te amo
E teu tempo é que fala
Deixe-me ver teus olhos e curtir tua risada...


MAURO ROCHA 16/03/2003

6 comentários:

paula barros disse...

O amor, sempre o amor.
Que canta e encanta.
abraços

Clarice Lis disse...

A melhor explicação para se amar é exatamente essa: amo porque amo. Muito Bom!

paula barros disse...

Deixei selo lá no blog. Não tem compromisso nenhum. Apenas queria dizer quanto gosto de ler seu blog, e divulgá-lo. Embora muitas pessoas não venham conhecer.

Claudia Perotti disse...

Lembrou-me Neruda!
As coisas do coração encharcam-nos de ternura!

Beijinhossssssssss

Poeta Mauro Rocha disse...

Paula, sempre!

Clarice, obrigado.

Paula, espero que as pessoas conheçam,rssr, obrigado.

Claudia, Neruda!!Nossa!!Nem sei o que dizer.

Canto da Boca disse...

Vês? Nao sou a única a comentar sobre tua intertextualidade.
O amor é simples assim, como a luz do sol, da lua, das estrelas...
;)