sexta-feira, 30 de maio de 2008

SEXTA/SÁBADO/DOMINGO

Enquanto você dormia
O filme terminava
O mundo chovia
Tua alma irradiava alegria
Teu sonho se misturava com tua fantasia
Tua respiração era ofegante
E eu te admirava sozinho
Teu anjo em forma de passarinho
Teu amor te fazendo carinho...

Enquanto você dormia
O mundo fazia silêncio
Para escutar teus movimentos
De anjo sonolento...

Enquanto você dormia.



MAURO ROCHA 14/05/1999

2 comentários:

Crisfonseca disse...

Que linda , meiga e doce poesia , só poderia vir de uma alma de poeta como a tua.
Beijos
Cris

:: Daniel :: disse...

É muito bonito mesmo observar quem a gente ama dormindo, à mercê dos sonhos, com movimentos involuntários.

Abs!