sexta-feira, 23 de maio de 2008

...NA BEIRA DA ESCADA

São seis da manhã
Eu ainda estou feito camaleão
Disfarçando o dia
Camuflando a noite
Feito esse quadro pendurado na parede
Que não diz nada de certo ou errado
são apenas dois olhos negros...



MAURO ROCHA 18/10/1999

2 comentários:

Crisfonseca disse...

Linda poesia, adoro estes misterios embutido nas entrelinhas.
Linda mesmo
Beijos,
Cris

Poeta Mauro Rocha disse...

Cris, obrigado!!